Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Review: Clinique Take the Day Off Cleansing Balm

i-024143-take-the-day-off-cleansing-balm-1-940.jpg

 

Tipo de produto: bálsamo de limpeza

Função: remover impurezas

Ingredientes principais: óleo de açafrão

Quando usar: manhã e noite como primeiro ou segundo passo da limpeza

Textura: bálsamo sedoso

Embalagem: boião

Quantidade: 125ml

Preço: 30€

Onde comprar: Skin, perfumerias, lojas online 

 

Sim, eu sou blogger há 13 anos (7 deles como beauty blogger) e não, nunca me tinha dado para experimentar o TTDO. Este ano quando estive em Itália encontrei-o um pouco mais barato do que o costume e lá veio ele comigo, sob a premissa de eu andar fortemente a preguiçar no que dizia respeito à limpeza da pele e precisar de algo que me desse vontade de limpar a pele em condições. Gente, e se dá vontade...

 

Este bálsamo deve ser usado em pele seca, massajando-o na pele para que dissolva as impurezas que estão na pele e enxaguando depois com água (o produto transforma-se em leite em contacto com a água e é facilmente removido da pele). É adequado a todo o tipo de peles, pois não deixa resíduos, e na verdade acho que a minha pele se dá muito melhor com ele do que com qualquer outro tipo de limpeza que já usei. Um problema que tinha com outros bálsamos de limpeza era o facto de ficar facilmente com a vista turva por causa de resíduos do produto de limpeza, mas com este posso passar na zona dos olhos sem qualquer tipo de problema.

 

O único defeito que lhe encontro é o facto de ele não ser o melhor de sempre a remover maquilhagem mais resistente como uma boa máscara de pestanas. Há sempre um bocadinho de olhos de panda na manhã seguinte se eu não usar um desmaquilhante bifásico antes deste bálsamo. Muito honestamente, este bálsamo transformou a altura da limpeza de pele de algo muito chato para um momento que me dá mesmo prazer.e portanto só por isso por mim já vale bem a pena.

Review: Bioderma Photoderm Nude Touch

Bioderma_Photoderm-Nude-Touch-Claro.jpg

 

Tipo de produto: protector solar de rosto
Função: proteger da radiação
Ingredientes principais: óxido de zinco, dióxido de titânio
Quando usar: de manhã, reaplicar a cada 2h se se estiver sujeito a exposição solar intensa
Textura: líquido
Embalagem: fraco de plástico
Quantidade: 40ml
Preço: 18€
Onde comprar: farmácias, Skin

 

Eu sei que já há muito que estava a dever uma review deste produto, mas queria ter a certeza que o testava em condições... o que significou esperar até à semana passada, porque foi quando o verão decidiu aparecer. O Nude Touch foi o grande lançamento a nível de protectores solares este ano e, por isso mesmo, quis ter a certeza absoluta do que estava a dizer quando escrevesse a review, porque já me chega de ler que é o melhor produto de sempre sem mais nenhuma informação.

 

Portanto vamos a um pequeno resumo do que este produto é: um protector mineral, líquido, com cor, para pele mista a oleosa. Este produto está disponível em três tons, sendo que o "natural" é o tom mais claro e praticamente não tem cor, o "claro" é o tom intermédio e o "dourado" é o mais escuro. Muito honestamente, não consigo perceber o que lhes passou para fazerem o tom claro ser o tom intermédio, mas para referência é esse que uso. Também não sei como é que o protector se comporta em peles negras, por isso quem tiver feedback sobre o assunto, agradece-se.

 

As grandes vantagens deste produto são o facto de ser compatível com peles muitos claras mesmo tendo cor (acreditem, não é fácil), a facilidade de aplicar o produto por ser praticamente líquido. A textura é descrita como líquido-a-pó, e embora não fique com acabamento poeirento, o que para mim seria péssimo, fica mesmo com um ar seco. Além disso, não vincou as minhas rugas de expressão, coisa que é muito comum em produtos matificantes.Para quem gosta de protectores minerais, este é dos poucos protectores minerais de que realmente gosto e não tenho qualquer problema em aconselhar.

 

Agora vamos a uma questão importante - este protector foi desenhado para peles oleosas, portanto o controlo da oleosidade é uma questão muito importante num produto destes. E a verdade é que não posso dizer que esteja 100% satisfeita neste campo. Testei este produto ao longo de vários dias e num deles acabei o dia com uma testa completamente brilhante - nos outros dias não tive queixas do produto, controlou mesmo bem a oleosidade. Se a coisa tivesse ficado por aqui, o assunto estava mais ou menos arrumado, porque provavelmente tinha acontecido qualquer coisa de estranho e pronto. Mas outra colega minha no trabalho tem ainda mais dias maus com ele, exactamente com a mesma queixa - uma testa completamente oleosa ao fim do dia (e também ela não consegue perceber qual é o critério para o controlo de oleosidade não funcionar). Portanto o que vos posso dizer sobre a capacidade dele de controlar a oleosidade é que no geral é boa, mas não esperem um pequeno milagre - é possível que haja dias em que ainda assim vão acabar com uma pele oleosa. Por outro lado, depois desta fase de testes (tenho mais 3 protectores para testar) provavelmente vou voltar a ele para uma protecção de dia a dia.

 

Outra coisa que é digna de menção é a embalagem - um frasco de plástico com uma abertura no topo. Aqui consigo perceber a questão, porque sendo uma fórmula mineral com cor, este produto tem de ser bem agitado antes de ser usado. Isto significa que a maioria das embalagens habituais não funcionaria, pois o produto estaria facilmente separado. Por outro lado, não deixa de parecer um produto inacabado (parece uma amostra de laboratório que nos chega para experimentarmos e não um produto na embalagem final) que é vendido por quase 20€. Talvez um tubo com cânula desse um ar menos "amador" ao produto, mas honestamente não sei qual a melhor forma de resolver isto.

 

Em termos de protecção, não me expus muito tempo seguido ao sol com ele, mas eu queimo mesmo muito facilmente e ainda não aconteceu este ano, portanto pelo menos para uma exposição moderada consigo garantir que funciona. E a remanescência na pele é bastante marcada, porque ao fim do dia ainda estou claramente a tirar produto do rosto quando o limpo.

 

*produto fornecido pela marca numa formação

Review: Esthederm Osmoclean Gentle Deep Pore Cleanser

esthederm.jpg

 

 

Tipo de produto: máscara de limpeza

Função: limpar impurezas e excesso de sebo

Ingredientes principais: nenhum em particular - explicação abaixo

Quando usar: 2-3x semana

Textura: creme

Embalagem: tubo de plástico

Quantidade: 75ml

Preço: 20€

Onde comprar: farmácias, Skin

 

Quem me vai seguindo já percebeu que me apaixonei por esta máscara desde que experimentei a primeira amostra. Contudo, e porque aqui a chave está na correcta utilização do produto, vamos primeiro dedicar-nos a isso. Esta máscara funciona por um método físico chamado osmose, em que as impurezas e sebo são captados pela máscara, o que implica que o método de utilização desta máscara é completamente diferente do habitual. Ponto importante #1: a máscara deve ser aplicada e trabalhada por zonas. Ponto importante #2: a máscara deve ser removida depois de cada zona ser trabalhada. E como é que se usa a máscara então? Deve aplicar-se uma noz de produto na área pretendida (testa, nariz, queixo, etc) e a máscara deve ser espalhada nessa zona através de movimentos circulares. Com os movimentos e a captação de impurezas, a máscara vai alterando a textura até que se transforma numa pasta branca quase seca e muito difícil de movimentar. Nessa altura a máscara deve ser removida. Se se quiser aplicar noutra zona do rosto, deve-se repetir o processo. A máscara não deve ter tempo de repouso, pois corre-se o risco das impurezas passarem de novo para a pele e isso tornar a máscara comedogénica.

 

Depois deste testamento todo, que é para ler obrigatoriamente, vamos lá então os resultados. Há cerca de um mês e meio que uso esta máscara e desde então praticamente não tenho tido borbulhas na testa (coisa que achava ser virtualmente impossível). Como devem imaginar, esta máscara não vai fazer milagres (se bem que eu considero ausência de borbulhas na testa como um), mas ajuda imenso a dar um boost extra à rotina. Uma outra vantagem é que, como o método é físico, esta máscara funciona muito bem em peles sensíveis e é um dos meus produtos preferidos para recomendar a grávidas com pele oleosa. Vai haver sempre uma vermelhidão associada ao facto da máscara ter de ser massajada no rosto durante algum tempo, mas é apenas vermelhidão transitória e não agressão à pele.

 

É uma máscara que dá trabalho usar, é uma máscara com um preço um bocadinho mais puxado do que o costume. Mas têm aqui a mau feitio do costume que é uma preguiçosa de primeira a dizer que vale cada cêntimo e que o trabalho que ela dá transforma-se em resultados.

Review: Kiehl's Midnight Recovery Concentrate

 

Tipo de produto: óleo nutritivo

Função: nutritivo, reparador, anti-envelhecimento

Ingredientes principais: óleo de lavanda, esqualano, óleo de onagra

Quando usar: à noite

Textura: óleo

Aroma: lavanda

Embalagem: vidro com conta-gotas

Quantidade: 30/50ml

Preço: 42/64€

Onde comprar: lojas Kiehl's ou loja online

 

Levanto aqui a mão em culpa começando esta review por dizer que, durante cerca de duas semanas, achei que este óleo não era nada de especial. Este é um daqueles produtos que precisa do seu tempo e dedicação para se verem os resultados, mas quando lhe damos hipótese ele não falha em cumprir.

Este é essencialmente o produto-ícone da Kiehl's, um óleo regenerador que se diz ser equiparável ao Advanced Night Repair da Estée Lauder, custando cerca de 2/3 do preço. Um óleo reparador e anti-envelhecimento que é adaptado a peles mistas a muito secas (não aconselho a peles oleosas porque ele pode ser comedogénico) e que ajuda a recuperar a elasticidade. Para quem gosta de produtos naturais, a fórmula deste óleo é 99.8% de origem natural.

Vamos ao que interessa: resultados. Como referi no início do post, no início não achei que fosse nada de especial. Não me interpretem mal, nunca achei que fosse mau, só achava que o preço não compensava os resultados. Por algum motivo, mesmo assim, deixei-me andar e continuei a usá-lo porque, quanto mais não fosse, era um bom óleo nutritivo e já o tinha em casa. Ao fim de duas semanas, o meu namorado vira-se para mim, depois de me fazer uma festinha na cara, e pergunta-me o que ando a fazer porque nunca viu a minha pele tão suave. Isto é dizer muito, porque eu já era beauty blogger antes dele me conhecer, por isso ele tem 4 anos de "Ana a experimentar coisas na cara". E isto é um facto, a minha pele tem estado suave e com imensa elasticidade desde que o uso (neste momento já tenho um mês e meio de testes).

Notem que eu uso este óleo apenas nas maçãs do rosto, uma gota em cada lado, pois tenho a zona T bastante oleosa e uso-o depois do meu sérum favorito (podem ler sobre ele aqui). Uma coisa que posso dizer que não é nada comum em mim com o uso de óleos é o facto de nunca ter ficado com borbulhas. Com óleos muito ricos tenho sempre tendência a ficar com uma ou outra borbulha interna, daquelas que doem a sério, e com este em mês e meio tive zero borbulhas. Presumo que seja do facto de ter óleo de lavanda na composição, que é um óleo que funciona muito bem como anti-inflamatório e antisséptico e com o qual me dou muito bem.

Conclusão: é um produto dispendioso? É, mas não acho que seja um produto caro para a fórmula que tem e para o que dura (mais uma vez, uso duas gotas por noite e elas são bem pequenas). Os resultados são claramente visíveis e a experiência de aplicação é super agradável porque é um óleo que não fica com um acabamento oleoso na superfície da pele.

*produto enviado pela marca