Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Review: Skinceuticals Hydrating B5 Mask

11289620-5034444637117106.jpg

 

Tipo de produto: máscara

Função: hidratante

Ingredientes principais: ácido hialurónico

Quando usar: 1x/semana

Textura: gel

Aroma: não existente

Embalagem: tubo de plástico

Quantidade: 75ml

Preço: 65€

Onde comprar: farmácias

 

Sabem aquela máscara carérrima com que sonharam durante anos e que depois subitamente vos cai no colo? Bem, quando eu não tinha dinheiro disponível para de vez em quando cometer umas loucuras e comprar umas coisas demasiado caras, eu sonhava com o dia em que ia comprar esta máscara. Não me perguntem porque me fixei nesta, talvez pelo facto de ser uma máscara hidratante que era em gel em vez de um creme super espesso e portanto seria ideal para a minha pele oleosa. Eventualmente no fim do ano passado recebi-a numa formação da marca e só me faltou dançar de felicidade.

Bem, eu agora danço de felicidade principalmente por nunca ter comprado esta máscara. Vocês sabem que não é frequente fazer reviews de produtos de que não gosto e geralmente tenho de achar que é um problema de formulação propriamente dito do que não resultar em mim para o fazer. Bem, é o que se passa com esta. Não gosto dela, não acho que esteja formulada ao nível da Skinceuticals, que geralmente é uma das marcas que aponto como sendo cara mas na qual compensa pagar cada cêntimo do produto.

Vamos aos problemas propriamente ditos. O primeiro passa pelo facto de eu não sentir que esta máscara realmente hidrate a pele, o que é um problema considerando que ela é uma máscara hidratante. Sinto praticamente zero diferença depois de a colocar e mais depressa sinto que um bom sérum fez o seu trabalho do que esta máscara.

O segundo problema está no facto da formulação em gel criar uma película de produto no rosto que não só é difícil de tirar, como torna impossível dormir com a máscara no rosto, algo que geralmente é recomendado em máscaras hidratantes.

O terceiro problema está no facto de, em muita gente, esta máscara provocar uma sensação de aquecimento ou até queimadura no rosto, coisa que não é muito simpática. Felizmente a minha pele já não é sensível como era, mas o meu marido, por exemplo, não a consegue usar sem aplicar o Phyto Corrective antes (dica da especialista da Skinceuticals numa das formações, que realmente resulta).

Infelizmente não tenho coisas boas para dizer. Adorava ter, adorava usar a máscara cara dos meus sonhos agora que a tenho, mas vou mesmo desistir dela, porque sem resultados para apontar e tendo dificuldade em tirá-la do rosto, não vejo vantagens em gastar tempo a utilizar este produto.

(a propósito, a Skinceuticals já trazia para Portugal era a Phyto Corrective Mask, essa eu juro que corria para ela)

*produto recebido numa formação

Review: YOUTH LAB. Cleansing Radiance Mask

Tipo de produto: máscara esfoliante e de limpeza
Função: esfoliar, limpar em profundidade, diminuir a aparência dos poros
Ingredientes principais: ácido glicólico (6%), extracto de gualtéria (ácido salicílico), caulino, extracto de Fomes officinalis, PCA de zinco
Quando usar: 1-2x por semana após a limpeza

Textura: creme espesso
Aroma: fresco

Embalagem: tubo de plástico com tampa
Quantidade: 50 ml

Preço: 18€
Onde comprar: farmácias

 

cleansing_radiance_youth_lab_mascara_glicolico_esf

 

Mais um dos discos pedidos da YOUTH LAB. no formulário que coloquei online, desta vez a máscara de limpeza e esfoliação com ácido glicólico. Quando comecei a trabalhar na marca em Setembro, o meu chefe disse-me logo que estavam umas máscaras na calha e iam ser os primeiros lançamentos de 2016. A espera é madrasta (sim, eu fico entusiasmada com os lançamentos da minha marca, como não ficar?), mas eventualmente lá chegaram as primeiras informações internas sobre elas e eu descobri que uma delas ia ter ácido glicólico na composição, porque recebemos a lista de ingredientes. O meu chefe riu-se muito com a minha reacção neste dia, porque eu só dizia "este produto vai ser espectacular, tenho a certeza!". Pois, não me enganei.

 

Primeiro que tudo, esta máscara é uma daquelas que se vêem alguns resultados logo após a primeira utilização, mas a verdadeira diferença está no uso continuado. Ao fim de 3 semanas a utilizá-la 2 vezes por semana vão notar mesmo muitas diferenças. Primeiro que tudo, a esfoliação é muito eficaz e a tez fica mais uniforme e regular. Depois, a pele fica com uma luminosidade espectacular e, milagre dos milagres, os poros ficam muito mais contraídos. Isto logo após a primeira utilização. Não sou uma pessoa que ache que devemos ligar muito ao tamanho aparente dos poros, geralmente quem nota é mais a própria pessoa do que quem está à sua volta, mas para quem se preocupa com este aspecto, tem aqui uma hipótese que resulta mesmo. Não no meu caso, que não sofro desse mal, mas já vi alguns pequenos milagres a acontecerem à minha frente com esta máscara.

 

cleansing_radiance_youth_lab_mascara_glicolico_esf

 

Quanto à textura, gosto mesmo muito dela. A máscara é densa o suficiente para não escorrer ao aplicar, mas não é tão densa que se torne difícil espalhar ou que obrigue a uma camada muito espessa na pele. Funciona muito bem para desenhar as zonas do rosto e não escorre nem fica desconfortável ao longo dos 10 minutos de utilização. Além disso, a remoção posterior com água tépida é muito fácil (não suposto máscaras que uma pessoa tem quase de arrancar a pele para saírem todos os resíduos, gosto de coisas que sejam rápidas de aplicar e de remover).

 

Portanto, em jeito de resumo: vale muito a pena. É daqueles produtos que me dá orgulho em trabalhar na YOUTH LAB. porque a fórmula é mesmo eficaz, os resultados são bastante visíveis e o preço é muito acessível. 18€ por uma máscara de 50ml (em que sabemos realmente a concentração de ácido glicólico, por oposição a muita máscara que aí anda que diz que tem, mas não refere quanto) é sem dúvida um valor que não me importaria nada de dar.

 

* a máscara foi-me oferecida pelo fundador da marca por trabalhar na YOUTH LAB., mas este factor em nada influencia a minha opinião