Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Review: Bioderma Photoderm Nude Touch

Bioderma_Photoderm-Nude-Touch-Claro.jpg

 

Tipo de produto: protector solar de rosto
Função: proteger da radiação
Ingredientes principais: óxido de zinco, dióxido de titânio
Quando usar: de manhã, reaplicar a cada 2h se se estiver sujeito a exposição solar intensa
Textura: líquido
Embalagem: fraco de plástico
Quantidade: 40ml
Preço: 18€
Onde comprar: farmácias, Skin

 

Eu sei que já há muito que estava a dever uma review deste produto, mas queria ter a certeza que o testava em condições... o que significou esperar até à semana passada, porque foi quando o verão decidiu aparecer. O Nude Touch foi o grande lançamento a nível de protectores solares este ano e, por isso mesmo, quis ter a certeza absoluta do que estava a dizer quando escrevesse a review, porque já me chega de ler que é o melhor produto de sempre sem mais nenhuma informação.

 

Portanto vamos a um pequeno resumo do que este produto é: um protector mineral, líquido, com cor, para pele mista a oleosa. Este produto está disponível em três tons, sendo que o "natural" é o tom mais claro e praticamente não tem cor, o "claro" é o tom intermédio e o "dourado" é o mais escuro. Muito honestamente, não consigo perceber o que lhes passou para fazerem o tom claro ser o tom intermédio, mas para referência é esse que uso. Também não sei como é que o protector se comporta em peles negras, por isso quem tiver feedback sobre o assunto, agradece-se.

 

As grandes vantagens deste produto são o facto de ser compatível com peles muitos claras mesmo tendo cor (acreditem, não é fácil), a facilidade de aplicar o produto por ser praticamente líquido. A textura é descrita como líquido-a-pó, e embora não fique com acabamento poeirento, o que para mim seria péssimo, fica mesmo com um ar seco. Além disso, não vincou as minhas rugas de expressão, coisa que é muito comum em produtos matificantes.Para quem gosta de protectores minerais, este é dos poucos protectores minerais de que realmente gosto e não tenho qualquer problema em aconselhar.

 

Agora vamos a uma questão importante - este protector foi desenhado para peles oleosas, portanto o controlo da oleosidade é uma questão muito importante num produto destes. E a verdade é que não posso dizer que esteja 100% satisfeita neste campo. Testei este produto ao longo de vários dias e num deles acabei o dia com uma testa completamente brilhante - nos outros dias não tive queixas do produto, controlou mesmo bem a oleosidade. Se a coisa tivesse ficado por aqui, o assunto estava mais ou menos arrumado, porque provavelmente tinha acontecido qualquer coisa de estranho e pronto. Mas outra colega minha no trabalho tem ainda mais dias maus com ele, exactamente com a mesma queixa - uma testa completamente oleosa ao fim do dia (e também ela não consegue perceber qual é o critério para o controlo de oleosidade não funcionar). Portanto o que vos posso dizer sobre a capacidade dele de controlar a oleosidade é que no geral é boa, mas não esperem um pequeno milagre - é possível que haja dias em que ainda assim vão acabar com uma pele oleosa. Por outro lado, depois desta fase de testes (tenho mais 3 protectores para testar) provavelmente vou voltar a ele para uma protecção de dia a dia.

 

Outra coisa que é digna de menção é a embalagem - um frasco de plástico com uma abertura no topo. Aqui consigo perceber a questão, porque sendo uma fórmula mineral com cor, este produto tem de ser bem agitado antes de ser usado. Isto significa que a maioria das embalagens habituais não funcionaria, pois o produto estaria facilmente separado. Por outro lado, não deixa de parecer um produto inacabado (parece uma amostra de laboratório que nos chega para experimentarmos e não um produto na embalagem final) que é vendido por quase 20€. Talvez um tubo com cânula desse um ar menos "amador" ao produto, mas honestamente não sei qual a melhor forma de resolver isto.

 

Em termos de protecção, não me expus muito tempo seguido ao sol com ele, mas eu queimo mesmo muito facilmente e ainda não aconteceu este ano, portanto pelo menos para uma exposição moderada consigo garantir que funciona. E a remanescência na pele é bastante marcada, porque ao fim do dia ainda estou claramente a tirar produto do rosto quando o limpo.

 

*produto fornecido pela marca numa formação

* este post contém links de afiliado

Review: Bioderma Cicabio Arnica+

Tipo de produto: creme

Função: anti-hematomas, cicatrizante

Ingredientes principais: arnica, antalgicine

Quando usar: manhã e noite

Textura: creme fluido

Embalagem: frasco de plástico com tampa

Quantidade: 40ml

Preço: 8€

Onde comprar: farmácias, Skin

 

Imaginem que é dia de Natal e estão a chegar a casa vindos de casa dos sogros. E que precisam de passar o que está na bagageira desse carro para outro carro estacionado ao lado. E que de repente a porta da bagageira descai e vocês dão uma cabeçada nessa mesma porta com toda a força que têm. Bem vindos à história do meu Natal e ao meu primeiro olho negro na minha vida. Sim, doeu para caraças porque bati com o osso da sobrancelha na quina da porta da bagageira (para garantir máximo impacto na menor área possível), a pele rebentou com o impacto e fiquei com metade da pálpebra direita completamente negra. A sorte é que uso o risco no cabelo do lado esquerdo e deu para que a maioria das pessoas nem notasse o que se tinha passado.

Como sabem, eu adoro o Cicabio Creme e portanto na manhã seguinte estava a comprar o primo dele, o Cicabio Arnica, para tentar reduzir o hematoma e a ferida. Vamos ser honestos, ninguém vai pôr uma coisa destas e achar que no dia seguinte já não tem hematoma, mas que isto produz um pequeno milagre, lá isso produz.

Os meus hematomas são quase sempre chatos para ir embora, ficam negros muito tempo e amarelos então é uma coisa inexplicável. Contudo, com o Cicabio Arnica em 5 dias deixei de ter o olho negro, ficou só com algumas manchas difusas e avermelhadas e a ferida cicatrizou muito rapidamente. A fase amarelada do hematoma foi muito curta, cerca de uns 3-4 dias e portanto em semana e meia fiquei sem vestígicos do acidente.

A maior parte dos hematomas não justifica que se use algo deste género, mas se têm um hematoma que querem mesmo fazer desaparecer o mais rapidamente possível, apostem neste produto, sem dúvida nenhuma. Vantagem: pode ser usado em crianças, portanto é sempre bom ter em casa quando há pequenos atreitos a acidentes (ou resumindo, pequenos, porque quase todos têm uma afinidade incrível para o chão e para as quinas da mobília).

 

* este post contém links de afiliados

Review: Cicabio Creme da Bioderma

Tipo de produto: creme

Função: reparador, calmante

Ingredientes principais: Antalgicine, cobre, zinco, centelha asiática

Quando usar: em SOS como reparador

Embalagem: tubo

Quantidade: 40/100ml

Preço: 9/14€

Onde comprar: farmácias, Skin

 

 

Imaginem que a Bioderma vos dizia "escolhe o teu produto favorito e enviamos-te uma unidade" - bem, foi o que aconteceu como apoio à nossa comemoração do Dia do Blogue aqui no Porto. E uma pessoa normal pensaria logo em mandar vir a água micelar preferida ou a máscara da Sensibio (dois produtos que eu adoro e que passo a vida a recomendar). Eu não, eu escolhi o Cicabio Creme - e explico-vos porquê. Imaginem que têm todo um arsenal de cosméticos em casa (eu), mas que não gostam de viajar com muitos cremes atrás (eu) e por muita viagem que façam e muito creme que conheçam, escolhem sempre o mesmo creme para ir convosco de viagem para servir como um SOS anti-tudo-o-que-possa-correr-mal (eu). Esse creme é o Cicabio Creme, para mim.

 

Para todos os efeitos, o Cicabio é um creme bastante normal - é um creme reparador. Só que a diferença deste creme reparador para os outros todos é que a fórmula é mesmo, mesmo boa, o que faz com que ele funcione mesmo. Para terem noção, é possível usar como cuidado pós tatuagem, para ajudar a cicatrizar feridas, para pele queimada (seja escaldão ou queimadura por outro motivo qualquer), assaduras e outras tantas maleitas que impliquem uma necessidade de reparação.

 

A fórmula é muito simples, mas muito eficaz, tendo uma patente que ajuda a diminuir a comichão e a dor (não queiram comparar a um analgésico, mas realmente ajuda) e vários activos reparadores. A textura é em creme, o que permite uma boa espalhabilidade e evita o efeito esbranquiçado de alguns reparadores. Essencialmente, este é o tipo de creme que querem ter sempre por perto e é isso que me faz usá-lo com frequência e levá-lo comigo em todas as viagens. Eu sei que a Bioderma tem uma série de produtos entusiasmantes e havia muito por onde escolher, mas se eu escolhi este, acreditem, vale mesmo a pena.

 

* produto fornecido pela marca

* este post contém links de afiliados

Review: Bioderma Hydrabio Eau de Soin SPF30

Tipo de produto: spray para reforçar a protecção solar
Função: protector solar
Ingredientes principais: carbómero, glicerina
Quando usar: quando necessário
Embalagem: embalagem com pulverizador
Quantidade: 50ml
Preço: 19€
Onde comprar: farmácias, Skin

Esta review estava prometida há muito, mas quis submeter este produto a testes intensivos antes de escrever a opinião, já que a fórmula antiga deste produto tinha gerado vários problemas, entre eles o entupimento do sistema ao fim de algum tempo (e isso é coisa que realmente não dá para acelerar por muito boa vontade que se tenha de mandar a review cá para fora).

 

Vamos dizer as coisas de forma fácil: as boas notícias são que a fórmula é mesmo muito melhor e que aparentemente não entope, as más notícias são que ainda assim continuo a achar que este produto não é ideal para pele oleosa. Vocês por esta altura já sabem que entretanto já tinha testado a concorrência a este produto da LRP (review aqui) e é impossível para mim não estabelecer de imediato uma comparação entre os dois. Em termos de sistema e aplicação, este ganha aos pontos ao da LRP, uma vez que não é aerossol e acho que a bruma é muito mais uniforme e é fácil de garantir que cobriu todo o rosto - e quando falamos de protecção solar isto é um aspecto mesmo muito relevante.

 

Em termos de adaptabilidade a tipos de pele, continuo a achar que, mesmo depois da reformulação, este produto continua a deixar a pele ligeiramente brilhante (embora esteja muito, muito afastado das histórias que me contaram da fórmula antiga). Este produto acabou reencaminhado para a minha mãe, que o declarou oficialmente como a melhor coisa que lhe dei nos últimos tempos. Para ela, que tem pele seca e sofre mesmo muito com o calor, a bruma não só serviu de reforço de protecção, mas também como forma de se refrescar. Desde que lhe ofereci isto, cerca de 3 ou 4 dias antes de ela ir para a praia, tem andado sempre com ele na carteira para onde quer que vá.

 

Se tiverem pele oleosa, continuo a achar que existe uma alternative melhor no Anthelios, mas se tiverem pele normal a seca, este é o companheiro ideal para o reforço da protecção solar, mesmo por cima da maquilhagem.

 

*produto fornecido pela marca

* este post contém links de afiliados