Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Review: La Roche-Posay Anthelios Shaka Fluid

shaka.jpg

 

Tipo de produto: protector solar

Função: proteger da radiação

Ingredientes principais: Mexoplex

Quando usar: manhã, como último passo da rotina de cuidados e antes da maquilhagem

Textura: ultra fluído

Embalagem: plástico com tampa

Quantidade: 50ml

Preço: 20€

Onde comprar: farmácias, Skin

 

Não é fácil mexer com o lugar de favorito na lista de protectores solares de rosto, até porque muito poucos são bons para pele oleosa. A adicionar a isto, ainda menos fórmulas são compatíveis com a zona ocular. Com isto tínhamos a posição de primeiro lugar ocupada há cerca de 4 anos consecutivos pelo ISDIN Fusion Water sem parecer haver maneira de ser retirado de lá tão cedo. Eis que este ano foi reformulado o protector para peles mistas da La Roche-Posay e lá se foi o Fusion Water do primeiro lugar.

 

Vamos ver uma coisa: o Shaka Fluid não traz nada de inovador. O complexo de protecção solar tem um nome giro, mas é uma combinação de outros ingredientes (bons) usados em muitas outras fórmulas. Contudo, uma coisa boa que este protector traz é o facto de conseguir atingir um PPD de 46, traduzindo-se numa protecção UVA extremamente alta.

 

Para evitar aquela sensação típica que que queremos arrancar os olhos quando o protector acaba por escorrer para os olhos por causa de suor ou água, a LRP usa Intelimer, um polímero que se liga à parte oleosa da fórmula e previne a sua migração. Assim, consegue-se evitar o ardor típico de protector solar e acaba por se tornar compatível com a protecção da zona periocular.

 

Apesar de teoricamente esta ser uma fórmula para pele mista, isto para mim é o típico protector solar que recomendo a toda a gente. A textura é extra-fluída e espalha-se super bem, é hidratante q.b. e não tem os problemas típicos de protectores matificantes que interagem com tudo o que se põe em cima. Tanto eu, que tenho pele mista, como colegas de pele seca temos adorado este protector.

 

Se houvesse uma coisa que eu quereria mudar neste protector seria a embalagem. A textura é demasiado fluída para a embalagem que tem, e invariavelmente acabo a abrir a tampa para sair logo um pedaço de protector que entretanto escorre pela rosca abaixo. Uma textura assim fluída beneficiava imenso de um doseador de pump, mas por outro lado também percebo que isso iria encarecer o produto, e a relação preço/qualidade é uma das grandes vantagens deste protector.

 

Conclusão: é um óptimo protector, com protecção muito alta UVA e UVB, que é super fluído e compatível com todos os tipos de pele, não deixa traço branco e ainda tem um óptimo preço. Não dá para pedir melhor do que isto para um protector de uso diário.

Review: Pestle & Mortar Recover The Ultimate Eye Cream

Recover-15ml-pestle-and-mortar-.jpg

 

Tipo de produto: creme de olhos

Função: hidratante, anti-envelhecimento

Ingredientes principais: palmitoil-tripéptido-5, beta-caroteno, extracto de grão de café

Quando usar: manhã e noite

Textura: creme

Aroma: sem fragrância

Embalagem: plástico com pump

Quantidade: 15ml

Preço: 37€

Onde comprar: site da marca, Care to Beauty

 

Têm sido muitos os pedidos de review deste creme de olhos, portanto cá está ela. A Pestle&Mortar é uma marca indie irlandesa que fiquei a conhecer por causa da Caroline Hirons e da qual só tenho a dizer coisas boas (além deste creme de olhos, tenho o mist e já experimentei o sérum). Optei por comprar este porque precisava de um bom hidratante e que tivesse alguma acção anti-envelhecimento. Além disso, o meu contorno ocular está cada vez mais a precisar de nutrição, algo que antigamente simplesmente não tolerava (diz que é dos 30).

O resumo da coisa é o seguinte: amo e quero para sempre. Pronto, agora aquilo que realmente querem ler... Em termos de textura diria que é intermédio, não é fluído, mas também não é um bálsamo. Isto torna-o simultaneamente um bom hidratante, mas também garante que é fácil de aplicar. A fórmula contém um péptido anti-envelhecimento que dá algum nível de preenchimento (nada de dramático, mas dá) e aquilo que mais noto é realmente a hidratação e o conforto que dá. Por outro lado, não existe aquele problema de ficar com o contorno ocular excessivamente oleoso, porque apesar de ser nutritivo, é bem absorvido.

Gosto muito do facto de ser uma embalagem com doseador, porque torna mais fácil e higiénico o processo de retirar produto (nem pensem em tirar um pump inteiro, senão têm creme para contrno de olhos de toda a família). Além disso, para quem se preocupa a sério com esta questão, a fórmula é vegan.

A relação qualidade/preço é excelente, sinceramente, vejo cremes parecidos a custar mais 10 ou 20€.

Produtos da Sara - rotina de bebé

michal-bar-haim-NYvRaxVZ-_M-unsplash.jpg

(não, esta não é a Sara)

Sou muito apologista de usar um mínimo de produtos na minha filha, actualmente com 7 meses, mas as várias situações pelas quais ela já passou acabaram por nos fazer ter um sem fim de produtos. Como sei que muita gente que me segue tem filhos bebés, fica aqui a lista de produtos que usamos ou já usámos nestes 7 meses.

Durante a gravidez várias marcas ofereceram-nos produtos (Barral, Sesderma, ISDIN, Mustela, Bioderma) e portanto a selecção que fizemos foi grandemente de um leque muito alargado de escolhas que temos cá em casa, outros produtos foram comprados.

- gel de banho - começámos por utilizar o Bioderma ABCDerm, mas acabámos por passar para o da ISDIN porque a embalagem tinha doseador e gostamos mais da fragrância deste. Teoricamente daria para corpo e cabelo, mas a Sara tem tendência a ter crosta láctea.

- champô - por causa da crosta láctea e do imenso cabelo que a Sara sempre teve, acabámos por usar sempre um champô, coisa que não é necessária caso não haja estes dois factores. A recomendação da pediatra foi usar o da Babé, mas como tinha recebido o da Mustela, decidimos experimentar. Não sou de todo fã da Mustela, mas o champô espuma é a excepção que faço e a Sara deixou de todo de ter caspa (e nunca chegou a criar as crostas porque comecámos logo a usar).

- loção - optámos por utilizar o Preventive da Bioderma, que actualmente já não é comercializado e foi substituído pela loção ABCDerm. Ainda não decidimos o que usar depois desta embalagem acabar, mas temos como hipótese tanto o da ISDIN como o da Bioderma que veio substituir este (temos ambos cá em casa).

- creme de rosto - usámos o ISDIN Nutratopic Pro-AMP porque ela teve alguma atopia a certa altura (por volta dos dois meses). Entretanto ficou guardado à espera dos dias de inverno, mas foi completamente impecável para nós.

- creme para muda da fralda - o Cicalfate Creme continua a ser o número 1 cá em casa. Felizmente a Sara não precisa de creme a cada muda, portanto usamos apenas quando fica mais vermelha ou assada. Testámos o Nutraisdin Zn40 e nela faz absolutamente zero (mas tenho um feedback globalmente positivo dele, por isso fiquei surpresa), mas mantemos o Nutraisdin AF à mão para algum caso mais drástico que possa ocorrer no futuro.

- dermatite perioral - pelos 2 meses a Sara começou a babar imenso e a ficar ocasionalmente com a zona à volta da boca cheia de borbulhinhas. Numa única aplicação, o Nutraisdin Perioral livrava-a da grande maioria delas, por isso agora não passamos sem ele.

- protector solar - optámos pelo mineral da Sesderma que foi lançado este ano e funcionou super bem. Até agora usámos apenas em manhãs de piscina, mas para protector mineral achei-o mesmo fácil de espalhar e com uma boa resistência à água.

- óleo de massagem - na altura das cólicas (até aos 4 meses) usámos bastante o óleo de massagem da Kiehl's, porque tem pouca fragrância, espalha super bem e é rapidamente absorvido (não queríamos babygrows cheios de óleo).

Review: Biretix Duo da IFC

196469_3_biretix-duo-gel-de-rosto-esfoliante-purif

 

Tipo de produto: creme

Função: anti-acne

Ingredientes principais: glicoesferas de retinol, retinoato de hidroxipinacolona, ácido salicílico, BioPep15

Quando usar: à noite, como último passo

Textura: gel-creme

Embalagem: tubo de plástico

Quantidade: 30ml

Preço: 30€

Onde comprar: farmácias, Skin

 

Eu tinha a certeza absoluta, sintética, analítica, de que tinha esta review aqui. Vai-se a ver, não tenho. Mas estamos sempre a tempo de corrigir coisas que estão mal, portanto cá vai a review, tarde e a más horas, mas infelizmente sempre a tempo, já que a acne é algo que acompanha muita gente por muitos anos.

 

Para contexto, na adolescência eu tinha acne retencional na testa e queixo (muito, com uma textura de pele super irregular). Quando comecei a tomar a pílula, a coisa acalmou durante vários anos, até que deixei de a tomar e a acne voltou, mas desta vez em versão inflamatória (e maldisposta e mal encarada e parva todos os dias), num ponto em que rir doía. Tentei correr os suspeitos do costume, mas nada fazia realmente efeito, até que uma amiga comentou comigo que tinha saído um produto novo que parecia interessante, mas que ela não tinha feedback para me dar - ao que eu lhe disse que não queria saber de feedback para nada e ela que ficasse com os meus 30€ e me desse o raio do creme (o desespero na acne é grande, gente).

 

Não é fácil falar de milagres em forma de cosmético, mas este é um deles. Foi a única coisa que resultou comigo, de todo. Infelizmente, lembrem-se que o facto de ter resultado comigo e com várias outras pessoas não significa que resulte convosco, mas se têm acne e querem investir num bom produto, então decididamente recomendo que tentem este. O produto não é nada de especial a nível cosmético, nem é suposto ser uma vez que é um produto de tratamento, mas é muito fácil de espalhar e não deixa película na pele.

 

Quanto à fórmula, é uma autêntica bomba (das boas). Uma concentração baixa de ácido salicílico, junto com retinol encapsulado de forma a reduzir os efeitos secundários e outro retinóide que, sendo menos eficaz, também tem menos efeitos secundários. A minha pele nem quer reagiu minimamente mal a esta fórmula, se bem que a mantive sempre hidratada com uso de bons séruns hidratantes (o meu preferido para isto é o Hydrating B5 da SkinCeuticals). A fórmula tem ainda um péptido com algum efeito anti-bacteriano, por forma a ajudar a reduzir a P. acnes.

 

Peles mais sensíveis terão de ter atenção, e há que usar sempre protector solar e(, de preferência, guardar este produto para usar fora do verão), mas se estão a preparar o vosso plano de ataque para a acne, então juntem este ao arsenal, porque pode valer bem a pena.