Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Protector solar - FAQ

Vamos à segunda parte do especial de protecção solar, em que reuni respostas a algumas perguntas que me fazem frequentemente e a perguntas que não me fazem mas deviam fazer. Desde reaplicação do protector a questões com a Vitamina D, vamos abordar várias temáticas dentro da protecção solar. Não se esqueçam de ver o primeiro post sobre os vários tipos de radiação.

 

A utilização de protectores solares provoca défice de Vitamina D?

Para quem não conhece o contexto desta pergunta, eis uma mini explicação rápida: a pró-Vitamina D que circula no organismo é convertida em Vitamina D activa através da radiação solar, nomeadamente a radiação UVB. Esta vitamina é uma das responsáveis pela fixação de cálcio nos ossos, o que leva ao surgimento da questão de que se fizermos uma protecção solar que não permita a radiação UVB chegar à pele, então podemos estar a promover um défice de cálcio ósseo.

A resposta a esta pergunta não é fácil, mais eis o consenso habitual: caso a pessoa não se exponha totalmente à radiação e faça uma protecção muito elevada e cuidada (como nos casos de antecedentes de cancro de pele) este défice acontece e carece de suplementação. Contudo, a radiação necessária por dia para que esta conversão aconteça é muito pequena e, considerando que a quase totalidade das pessoas não faz a protecção solar em doses adequadas (colocando muito menos protector do que o necessário e/ou não aplicando sempre), então a situação de défice será muito rara.

Conclusão: provoca, mas apenas em casos muito específicos e não na maioria da população como muitos sites que gostam de provocar pânico generalizado nos querem fazer crer.

 

Quando se deve aplicar protector solar?

Todos os dias, o ano todo, por norma. Se leram o post sobre os vários tipos de radiação já perceberam que até a luz visível tem efeitos nocivos para a pele, por isso é mesmo recomendado que seja feita a aplicação diária de protecção solar.

Quanto à reaplicação do protector, considerando que a degradação do protector solar aplicado na pele é feita em grande parte pela radiação, se passarem o dia dentro de 4 paredes diria que apenas é necessário aplicar uma vez por dia. Contudo, em casos de exposição extrema a recomendação é que a reaplicação seja feita a cada 2h e após contacto com água ou utilização de toalha.

 

O que são protectores solares resistentes à água?

De acordo com as normas europeias, existem duas categorias de protectores solares no que diz respeito à resistência à água: protectores solares resistentes à água e protectores solares muito resistentes à água. Traduzindo, os protectores resistentes à água são aqueles que, após imersão durante 40 minutos, ainda mantêm 50% do produto na pele (sem contar com enxugar a pele com toalha, que tira uma grande quantidade de protector, este índice apenas diz respeito a imersão em água). Os protectores muito resistentes à água mantêm 50% do produto na pele após imersão durante 80 minutos. Ainda assim, recomenda-se sempre a reaplicação após contacto com água, estes apenas dão mais segurança a pessoas que passam largos períodos dentro de água ou transpiram muito.

 

Se comprar um protector SPF50+ estou a comprar o melhor possível?

A resposta aqui é sim e não. A verdade é que um protector ser 50+ garante que existe protecção anti UVB muito elevada e que existe protecção anti-UVA de pelo menos 1/3 disso (vejam o post sobre as várias radiações).

Contudo, um protector factor 30 poderá ter um índice anti-UVA maior do que o de um protector factor 50+. Além disso, nem só de números se faz a protecção, pois interessa também o espectro de radiação coberto e se tem algum tipo de acção extra.

Portanto se não souberem avaliar os protectores ou não tiverem noção de recomendações, podem optar por um factor 50 como método de tentar ter a maior protecção possível, mas o ideal será sempre comparar os vários parâmetros se essa informação estiver disponível.

Nota: esta questão do rácio UVB/UVA é apenas válida nos produtos europeus e não se aplica ao resto do mundo

 

Se colocar vários produtos com SPF, a protecção solar é somada?

A resposta rápida é não. O SPF não é cumulativo, embora a utilização de uma combinação de produtos possa garantir uma maior cobertura de espectro de radiação (ingredientes diferentes bloqueiam radiações diferentes). Ao contrário do que a grande maioria das pessoas pensa, um SPF50 não oferece o dobro da protecção de um SPF25, como podem ver no gráfico abaixo é bem diferente disso:

 

spf grafico protecção solar.png

Em que passo da rotina aplico protector solar?

O protector solar é sempre o último produto a ser aplicado na rotina de cuidados de rosto e deve ser aplicado antes da maquilhagem.

 

Como posso reforçar a protecção ao longo do dia por cima da maquilhagem?

Primeiro há que avaliar se há de facto necessidade de reforçar a protecção solar. Na maior parte das ocasiões que é requerida maquilhagem é raro haver a necessidade de reaplicação de protector. Contudo, caso esse seja na mesma o caso, pode-se utilizar uma bruma ou um creme compacto com protecção solar. (apenas uma nota: a bruma da Bioderma foi reformulada e está aparentemente com a questão do entupimento resolvida e é mais adequada a pele oleosa)

4 comentários

Comentar post