Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Notas soltas - fevereiro 2016

Não sei exactamente o que se passou este mês, mas ele voou (e não me parece que 1 ou 2 dias a menos no mês façam assim aquela diferença enorme neste aspecto). A quantidade de trabalho foi imensa, as viagens de carro foram muitas e não sei onde foi parar este mês. De qualquer forma, aqui ficam os registos das coisas que andei a fazer.

 

Leituras

livros_fevereiro16.JPG

 

Reli A Sociedade Literária da Tarde da Casca de Batata, porque finalmente arranjei-o em papel (tinha lido no Kindle). Adoro livros sobre livros e sobre pessoas que gostam de ler, e este é um dos meus favoritos. Depois resolvi ir para mais um sítio seguro e comecei a ler O Menino de Cabul. Já é o terceiro livro que leio do Khaled Hosseini e soube logo desde a primeira página que ia gostar dele. Não sei explicar, mas há um certo conforto em ler livros de autores que já sabemos que escrevem ao nosso gosto, especialmente quando estamos numa fase em que temos menos vontade de ler.

 

Séries

firefly.JPG

Continuo a rever Gilmore Girls e a acompanhar iZombie e How to Get Away With Murder, mas resolvemos terminar de ver Firefly este mês. Já só nos falta ver o Serenity (e depois comprar os quatro volumes de BD).

 

Sítios em Portugal

sitios_fevereiro16.JPG

Como fui passar um fim de semana a Cerveira, desta vez as recomendações são mais vastas. Em Caminha fomos ao Jeni's Diner, um diner de um casal de americanos que se mudou para Portugal. Apesar de não ter achado os hambúrgueres nada de especial, a oferta de snacks é muito apetecível e ainda vou lá voltar para os experimentar. As batatas fritas eram divinais e há a vantagem de terem bebidas que não se arranjam facilmente por cá, como a 7UP de cereja. Além disso, o ambiente é espectacular e super descontraída, coma  filha bebé do casal a fazer as delícias de quem lá estava a jantar, porque estava num bouncer à beira do pai.

Em Cerveira fomos à Pizzaria Toni, que está aberta desde 1985 e serve pizzas em forno de lenha óptimas, bem como um "pão de alho" feito de massa de pizza. Acho que foi o meu sítio preferido até agora em Cerveira e é certo que vou lá voltar.

Dito isto, tenho que referir que Cerveira é linda e tem vistas brutais. Os pais do Nelson têm casa lá, por isso temos ido com alguma frequência, mas se não conhecem a zona e estão à procura de um bom sítio para descansar, não vos consigo recomendar nada melhor e tão perto do Porto.

Numa nota bastante diferente, queria apenas fazer menção a um restaurante de fast food que adoro há meses. O dono do Real Indiana resolveu abrir um restaurante de fast food indiana no Arrábida Shopping chamado Indi Go e eu estou tão viciada naquilo que os funcionários já me conhecem todos (e são extremamento fofos e simpáticos, incluindo aceder a pedidos especiais como a carne já vir cortada para a minha mãe porque ela fez um corte enorme num pulso e tinha dificuldades em utilizar talheres). O menu permite escolher o tip de carne, o molho, o arroz, o naan e ainda traz uma salada. Eu sou muito pouco original e eles também já sabem o meu pedido de cor. chicken tikka masala com arroz aromatizado e naan de alho e ervas. Se forem um dia destes ao cinema no Arrábida, passem por lá, que vale bem a pena e é uma alternativa diferente à habitual comida de shopping.

 

Outras compras

outros_fevereiro16.JPG

É possível que eu ande um bocado viciada em sapatos. Desta vez fui ao El Corte Inglés comprar uns stilettos da Nine West, porque os sapatos são brutais e a marca está a ser descontinuada (e eu este ano tenho dois casamentos e não tinha uns bons sapatos nude). Isto depois de ter comprado um par de Melissas Incense no mês anterior. Agora se calhar já é altura de parar de comprar sapatos de salto alto e comprar as sapatilhas pretas de que estou mesmo a precisar e que devia ter comprado em vez destes...

Entretanto a minha mãe, depois de provar cá em casa umas torradas com doce de maçã bravo de Esmolfe e canela da Meia Dúzia, decidiu comparticipar uma extensão da colecção de compotas cá de casa e ofereceu-me mais duas de melancia e morango (porque esta eclipsa-se num instante cá em casa) e outra de ameixa rainha cláudia com tomilho limão. Cá por casa já existiam também os de cereja do Fundão com lima e o de pêra rocha com baunilha. Acho que é fácil de perceber que gosto mesmo das compotas da marca. Podem encontrá-las na loja da marca no MarShopping, mas eu até costumo comprá-las na Saboriccia na Rua de Santa Catarina.