Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Dermatite seborreica no rosto - sintomas e tratamento

Há umas quantas patologias que aparentemente deixam as pessoas sem vontade de falar. A Dermatite Seborreica é uma delas, sendo que haver alguém que assume sem problemas que tem descamação oleosa no couro cabeludo já é suficientemente raro, mas haver alguém que assuma que tem o problema no rosto é pior ainda. Mas consigo facilmente encontrar duas ou três razões para isto acontecer:

  1. A maior parte das pessoas que tem dermatite seborreica não sabe sequer que ela existe e não associam os sintomas a alguma patologia.
  2. A maior parte das pessoas que associam os sintomas a alguma patologia, associam-na à patologia errada, nomeadamente à rosácea (por causa da vermelhidão) ou à psoríase (por causa da descamação).
  3. A maior parte das pessoas que tem a patologia diagnosticada não quer que os outros assumam que o seu caso é um caso "capa de revista", daqueles que se encontram quando se vai googlar o assunto e se vê uma cara cheias de escamas amarelas.

 

Portanto isto é assim uma espécie de bola de neve gigante de desinformação que se vai propagando de forma exponencial e que se resolvia facilmente se as pessoas simplesmente se mantivessem informadas. Contra mim falo, que até uma amiga me pôr juízo na cabeça e me informar que eu tinha dermatite seborreica, eu estava plenamente convencida de que tinha rosácea (porque eu naquele inverno parecia uma bêbeda, já que andava de nariz constantemente vermelho, e não sabia que esta patologia existia).

Também aconteceu que, uns anos mais tarde, ao ir ter com um amigo meu notei que ele tinha a zona das sobrancelhas completamente a descamar, pelo que lhe perguntei se aquilo era normal. Respondeu-me que sim e que punha creme gordo de vez em quando para aquilo não ficar tão seco. Depois de lhe explicar que na verdade aquilo era dermatite seborreica e era péssima ideia colocar creme gordo (porque para cultivar o fungo em laboratório usam-se meios de cultura untados com azeite, logo o fungo adora uma boa dose de gordura), dei-lhe umas amostras de um creme específico para a DS e disse-lhe para usar. Este ano fiquei em casa dele quando fui a Lisboa e dei de caras com o creme em versão normal, que ele usa religiosamente.

O ano passado, comecei a notar que o meu namorado estava a ficar com umas feridas perto do nariz e alguma vermelhidão. Fiz-lhe as perguntas do costume, perguntei se ele me deixava pôr-lhe um creme que ia ajudar e desde então que sempre que começa a ter as manchas vermelhas lá vai mais uma dose de creme.

Estas historinhas todas foram apenas para dizer que isto é bem mais comum do que parece ser, portanto, mesmo que achem que não sofrem de nada disto, leiam o resto do artigo. Vocês até podem não ter, mas garanto-vos que têm alguém conhecido que tem e não sabe.

 

O que é a dermatite seborreica?

A dermatite seborreica é uma patologia crónica da pele que parece advir da hiperprodução de sebo pelas glândulas sebáceas associada a irritação pela presença de Pytosporum ovale (um fungo cujo metabolismo produz substâncias irritantes para a pele). Também parece estar associada a outros factores como mudanças de tempo (tende a piorar com o tempo frio), doenças autoimunes, stress, peso excessivo e história familiar.

Geralmente ocorre na zona do couro cabeludo, mas também pode ocorrer em zonas como o nariz, sulcos nasolabiais, sobrancelhas, linha do cabelo e pode mesmo estender-se à zona interescapular e pré-esternal. No lactente dá-se o nome de crosta láctea e é bastante comum, mas no adulto tende a atingir apenas 5% da população.

 

Sintomas

  • vermelhidão difusa e sem associação de telangiectasias (não se vêem os vasos capilares, como acontece na rosácea)
  • descamação
  • formação de crostas oleosas que podem originar feridas
  • prurido (comichão)

 

Tratamento e controlo das crises

O tratamento prescrito por um dermatologista recorre muitas vezes a corticóides de baixa potência, antifúngicos e imunomoduladores. Dada a natureza desses tratamentos, não a irei abordar neste post, porque deve ser sempre acompanhado e esclarecido pelos médicos e profissionais de farmácia que acompanham o caso.

 

Em relação a tratamentos não sujeitos a receita médica, eis alguns que são habitualmente usados:

  • coaltar (derivado do alcatrão, com aroma e cor características que podem não ser bem tolerados, mas é extremamente eficaz)
  • ácido salicílico
  • zinco
  • piroctona olamina
  • óleo de melaleuca

 

Sugestões de produtos

 

 

dermatite_seborreica_rosto_produtos.PNG

 

Na dermatite seborreica o papel em destaque geralmente está nos hidratantes, mas os complementos são igualmente importantes. Portanto aqui ficam algumas recomendações de diversos tipos de produtos que podem complementar a vossa rotina:

  • La Roche-Posay Serozinc (tónico)
  • Sesderma Sensyses Cleanser Ovalis (agente de limpeza)
  • SkinCeuticals Blemish + Age Cleansing Gel (agente de limpeza)
  • MartiDerm Pure Mask (máscara)
  • Clinique Mild Clarifying Lotion (tónico)
  • Bioderma Sensibio DS+ Gel Nettoyant Apaisant (agente de limpeza)
  • La Roche-Posay Effaclar Lotion Astringente (tónico)
  • philosophy Clear Days Ahead Overnight Repair Salicylic Acid Acne Treatment Pads (discos)
  • Mario Badescu Anti Acne Serum (sérum)
  • Noreva Sebodiane DS Sérum LS Séborregulateur (sérum)
  • Odacité Pure Elements Gr + G (booster)
  • Origins Spot Remover Blemish Treatment Pads (discos)
  • Mycogel Gel Nettoyant Moussant (agente de limpeza)

 

dermatite_seborreica_rosto_produtos_2.PNG

 

Em relação a cremes hidratantes, eis algumas opções:

 

Apenas para referência, aquele que uso actualmente é o Sebodiane DS em emulsão, mas estou a pensar adquirir também o sérum da mesma gama para as crises mais intensas que se aguardam no próximo inverno em que o tratamento de manutenção com o hidratante não é suficiente.

45 comentários

Comentar post

Pág. 2/2