Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Águas micelares da Bioderma - qual escolher?

aguas_micelares_bioderma.PNG

A Bioderma é a marca rainha das águas micelares, sendo a Sensibio/Créaline (a de tampa rosa) a mais conhecida. Mas existem mais algumas disponíveis no mercado e trago-vos uma mini review das 3 que tenho cá em casa.

 

Bioderma Hydrabio Água micelar (azul)- a nova adição cá em Portugal às gamas da Bioderma, a Hydrabio dedica-se às peles desidratadas. É a mais recente cá em casa e é a minha preferida até agora. Remove a maquilhagem tão bem como a Sensibio, mas não tem qualquer sensação de repuxamento na pele após a utilização e sem resíduos na pele após secar.

 

Bioderma Créaline/Sensibio Água micelar (rosa) - a linha Sensibio é indicada para peles sensíveis (havendo a versão AR que é para peles reactivas, em particular as que têm rosácea) e é bastante suave. É a que habitualmente uso, mas a verdade é que quando a embalagem grande que uso, vou quase de certeza adquirir a Hydrabio, porque esta ainda assim dá-me alguma sensação de repuxamento na pele, que é algo que não esperava, visto que é indicada para peles sensíveis.

 

Bioderma Sébium Água micelar (verde) - a Sébium é a linha dedicada a peles oleosas e apenas consigo utilizá-la na zona da testa quando estou com a pele mais oleosa. Para a pele com excesso de oleosidade dá uma sensação de frescura e limpeza, mas não pode de maneira nenhuma ser aplicada em pele normal, já que a sensação de repuxamento é intensa.

 

1 comentário

Comentar post