Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Review: DSP-Serum Iluminador da MartiDerm

Tipo de produto: sérum

Função: despigmentante (adequado a grávidas) e antioxidante
Ingredientes principais: genisteína, hexilresorcinol, ácido fítico 
Quando usar: após a limpeza, manhã e noite

 

Textura: sérum denso
Aroma: floral

 

Embalagem: frasco com conta-gotas
Quantidade: 30 ml

 

Preço: 41€
Onde comprar: farmácias, parafarmácias, YouLoveYou

 

dsp serum iluminador martiderm.JPG

 

Da última vez que vos falei aqui da MartiDerm disse que a marca para mim tinha qualidade e portanto facilmente a recomendava à maioria das pessoas, mas que até à altura ainda não tinha encontrado um produto que funcionasse comigo. Pronto, finalmente isso mudou graças a este despigmentante em sérum carregado de antioxidantes. Mas não se preocupem, que não decidi atacar as minhas sardas (uma amiga minha entrou em choque e ralhou comigo quando lhe disse que tinha um sérum despigmentante, porque achou que tinha decidido declarar guerra às minhas sardas). O único sítio onde utilizei este sérum foi mesmo no queixo, onde tenho marcas de borbulhas passadas.

 

Ando há muito para utilizar um sérum destes, andava inclinada para o da Caudalie (mas a sério, a subida monumental de preço desde que foi lançado até agora acaba por me desmotivar) ou para o da Sesderma. Por sorte do destino, a MartiDerm dispôs-se a enviar-me um, por isso o assunto ficou resolvido. Fiquei particularmente interessada nele porque, além de que ainda não me tinha convencido que nada da marca ia resultar comigo, este sérum despigmentante é adequado a grávidas, e se há coisa que as grávidas me pedem constantemente é aconselhamento sobre este tipo de séruns. E nada melhor do que um aconselhamento baseado na própria experiência com o produto.

 

dsp serum iluminador martiderm 3.JPG

 

O que é que eu tenho então a dizer sobre este sérum? Primeiro que tudo, a fórmula é bastante interessante. Não recorre aos típicos despigmentantes como o ácido azelaico ou a arbutina, que tornariam a fórmula impossível de utilizar pelas grávidas. Recorre sim à genisteína como antioxidante para evitar danos futuros na pele e ao hexilresorcinol como despigmentante. O sérum tem uma textura relativamente densa, mas espalha facilmente e é rapidamente absorvido, sendo muito fácil de utilizar de manhã e à noite. O facto de ter conta-gotas torna-o muito simples de dosear e, graças ao facto de espalhar muito facilmente, é um produto que dura muito tempo.

 

Quanto a resultados, o que é que há para dizer? Bem, se foi este o sérum que me fez perceber que afinal há esperança para a minha relação com a MartiDerm, já perceberam que funcionou. Testei-o durante mais de um mês e notei mesmo diferenças na quantidade e intensidade das manchas no queixo. Eu devia ter-me lembrado de tirar fotos de antes e depois, mas a verdade é que tive um mês muito complicado a nível de trabalho e acabei por não conseguir tirar foto do "antes". As manchas não desapareceram completamente, claro, mas também ainda só o usei durante um mês. Tenho esperança que com o uso continuado elas acabem por desvanecer, mas vou-vos mantendo actualizados no progresso.

 

* produto enviado pela marca para review ao abrigo da política de parcerias

Review: Pro-Correct Fluid da ROC

Tipo de produto: hidratante anti-rugas

Função: hidratante e anti-envelhecimento

Ingredientes principais: ácido hialurónico, retinol

Quando usar: após sérum, à noite

 

Textura: emulsão

Aroma: ligeiramente floral

 

Embalagem: embalagem de plástico com doseador

Quantidade: 40 ml

 

Preço: 34€

Onde comprar: farmácias, parafarmácias, YouLoveYou

 

roc pro correct fluid.JPG

 

 

Este produto caiu-me na caixa de correio sem eu estar à espera dele. Não sabia que a ROC reconhecia a minha existência nem tinha tido qualquer contacto com eles (quer a nível de produtos, quer a nível de mensagens), por isso não contava minimamente com ele. Mas se por um lado não estava à espera, por outro foi uma boa surpresa, porque este é um produto anti-rugas com textura fluida e à base de retinol e ácido hialurónico. A ROC decidiu reinventar-se este ano e parece-me que está a ir pelo caminho certo – a informação a que tive acesso sobre as gamas actuais pareceu-me bastante interessante e fiquei curiosa para testar mais alguns produtos.

 

Bem, vamos ao produto então. Para começar gosto que a embalagem tenha doseador, que é logo meio caminho andado para conservar o produto durante mais tempo. Depois, gostei do produto, mesmo. Não é que eu tenha rugas profundas, mas nas zonas dos cantos da boca já começo a ficar com algumas rugas de expressão perto do fim do dia, por isso tinha onde testar este hidratante. E a verdade é que, por culpa dele ou não, os vincos diminuíram bastante a nível de profundidade (chamo-lhes vincos e não rugas porque não estão sempre marcados, mas chamem-lhes o que quiserem). O próximo passo será testar na zona da testa onde já tenho efectivamente as duas rugas entre as sobrancelhas (essas já acordo com elas), mas como a minha testa tem estado em fase de revolta nos últimos meses, tenho adiado essa tentativa.

 

roc pro correct fluid doseador.JPG

 

Além disso, considero-o um bom hidratante. A textura é hidratante sem conferir oleosidade à pele, deixando-a mais elástica sem a afogar em óleos e ceras. Cada vez mais estamos a ver produtos que estão preparados para peles mistas a oleosas e que já são anti-envelhecimento. Felizmente estamos a ultrapassar o preconceito de que as peles com rugas são todas elas secas (claro que há uma grande tendência pós-menopausa para a pele ficar seca, mas cada vez mais há casos de acne pós-menopausa e temos de ter essas pessoas em conta no anti-envelhecimento).

 

O preço não é nada escandaloso para o tipo de produto, por isso se estiverem à procura de uma alternativa anti-envelhecimento para peles mistas a oleosas, dêem uma vista de olhos a este.

 

* produto enviado pela marca para review ao abrigo da política de parcerias