Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Review: The Skin Owl Eye +

skin_owl_eye+.PNG

 

Tipo de produto: hidratante de contorno de olhos
Função: hidratante e anti-envelhecimento
Ingredientes principais: aloé, extracto de pepino, ácido hialurónico, aminoácidos, extracto de alcaçuz
Quando usar: após a limpeza

Textura: gel-creme
Aroma: pepino

Embalagem: boião de vidro
Quantidade: 23 g

Preço: 36£
Onde comprar: Cult Beauty

 

Primeira review de produtos da Cult Beauty Box #2 da Caroline Hirons, começamos por um dos que me tinha deixado mais entusiasmada, já que tenho sempre muita tendência para ter milia e este hidratante parecia ser dos poucos que a minha pele aguenta. Só que... quando o testei pela primeira vez ao fim de cerca de 1 minuto comecei a sentir um ardor intenso na zona onde tinha aplicado e tive de ir remover logo o hidratante. Deixei passar mais alguns dias, voltei a aplicar e voltou-me a acontecer o mesmo. Quando já estava convencida de que tinha alergia ao hidratante, o meu namorado decidiu testar para ver se lhe acontecia o mesmo e aconteceu. Contactei a marca a perguntar se era normal e após uma troca de e-mails fiquei a saber que um pequeno lote que foi integrado na caixa tinha sido exposto a temperaturas muito elevadas e tinha ficado mais activo, sendo que algumas pessoas não sentiam diferença e outras sentiam essa sensação de queimadura. Substituíram-me prontamente o boião e comecei a usá-lo logo no dia em que chegou.

 

skin_owl_eye+_2.PNG

 

O hidratante é em textura gel-creme muito fácil de espalhar, embora tenha um aroma um pouco estranho ao primeiro embate. Se bem que a verdade é que por esta altura já não me faz impressão, o aroma a pepino é mesmo muito intenso, e abrir um boião e de repente o hidratante cheirar a salada é esquisito. De qualquer forma, como o hidratante é para o contorno de olhos o aroma não é significativo.

 

Em termos de efeitos, ele supostamente tem efeito anti-envelhecimento que eu não noto porque felizmente não tenho sinais de envelhecimento, mas em termos de hidratação é mesmo notório. A zona do contorno dos olhos ficou mais flexível, com mais elasticidade e notoriamente hidratada e confortável, além de que noto redução nos papos que tenho sempre de manhã. Uma vez que a textura é em gel-creme, o acabamento não é gorduroso e é rapidamente absorvido, por isso pode facilmente ser usado de manhã antes de aplicar a maquilhagem.

 

Se tudo continuar a correr como tem corrido, este hidratante para o contorno dos olhos vai tornar-se numa constante cá em casa, mesmo que o preço não seja o mais convidativo de sempre.

Séruns: o que são e como usar

Actualmente é quase impensável pensar em rotinas de rosto sem séruns. Use-se ou não, a grande maioria das pessoas sabe pelo menos que eles existem, mas há 10 anos quase ninguém falava neles. Foi mesmo nesta década que eles tiveram o seu grande boom, principalmente a partir de 2011, e desde aí que não houve qualquer hipóitese de voltar atrás.

 

melhores_seruns_rosto_pele.PNG

 

O que são séruns?

 

Os séruns (os bons, pelo menos) são concentrados de activos que são formulados para uma maior penetrabilidade na pele. Traduzindo: têm mais ingredientes que realmente funcionam e conseguem chegar a camadas mais inferiores da pele quando comparados com hidratantes. Geralmente são formulados de forma a que sejam utilizados por todos os tipos de pele, não contendo os típicos ingredientes nutritivos utilizados nos cremes hidratantes. A sua textura é fluída e a absorção mais rápida.

 

Quais os benefícios dos séruns?

 

Os benefícios vão depender dos ingredientes que o sérum contém (existem séruns para praticamente todos os problemas de pele à face da terra), mas como regra pode-se dizer que, comparando com hidratantes com o mesmo objectivo de tratamento, são mais eficazes a atingi-lo.

 

Quando começar a utilizar um sérum?

 

Agora. Para ontem, de preferência. Não há nenhuma pele que não beneficie de algum tipo de sérum. Não estou a dizer que com 19 anos têm de ir já a correr comprar o Advanced Night Repair da Estée Lauder, mas hoje em dia existem séruns adequados a todos os tipos de pele e portanto qualquer pessoa a partir da adolescência pode e deve utilizar séruns adequados.

 

Como se utiliza um sérum?

 

Os séruns devem ser aplicados em pele limpa, antes dos hidratantes, protectores solares ou maquilhagem. Para quem utiliza esfoliantes líquidos ou tónicos, o sérum deve ser aplicado após esses produtos. Caso queiram aplicar mais do que um sérum, funcionem por textura: texturas aquosas primeiro e oleosas no fim. Os séruns podem ser aplicados em todo o rosto ou apenas em zonas localizadas, mas é sempre necessária uma pequena quantidade (no rosto tenho por hábito utilizar 3 gotas, se for localizado apenas uma chega).

Pág. 4/4