Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Os meus perfumes favoritos

perfumes favoritos.PNG

 

Eu sou uma pessoa de variar os aromas consoante o tempo e o meu humor. Para mim sempre foi uma coisa natural, isto de ir variando os aromas que uso, mas sei que não é assim para toda a gente. Aliás, a minha amiga Catarina passa a vida a dizer que eu sou tresloucada por mudar de perfume com tanta frequência. A verdade é que hoje em dia nem o gel de banho e o hidratante de corpo são sempre os mesmos, quanto mais os perfumes.

 

Tenho muitos - provavelmente tenho demasiados - mas aqui está uma selecção dos meus favoritos. Alguns são favoritos de sempre, outros são as mais recentes adições à colecção, mas cada um deles tem um lugar cativo na minha colecção. Tirando as edições limitadas, malditas edições limitadas!

  • Hugo Boss Deep Red - o meu primeiro perfume, oferecido pelo meu irmão algures quando eu tinha uns 15 anos, depois de eu muito pedinchar. As notas principais são de baunilha, laranja, groselha negra, gengibre e sândalo. Gosto de o usar principalmente no inverno, de preferência de noite.
  • Davidoff Cool Water Into the Ocean - nota-se pelo quão gasto ele está que é o meu preferido. Se só pudessse escolher um perfume, seria este - mas é tão fresco que não conseguiria usá-lo na mesma o ano todo. Só tem um problema: era uma edição limitada. O que significa que quando o acabar, acabou-se de vez. Uso-o em pleno verão sem qualquer problema, já que as notas principais são de melão e íris.
  • Nuxe Prodigieux le parfum - uma das novas adições, foi-me oferecido pelas irmãs do meu namorado. É um floral branco, mas que gosto de usar no inverno durante o dia graças à base de baunilha e leite de coco (que são dois aromas de que não costumo gostar, mas que aqui funcionam mesmo bem). Como já era fã do gel de banho da mesma gama, achei que tinha de ter o perfume para condizer.
  • Hugo Boss XX - há uns anos atrás eu tinha uma panca qualquer e só usava perfumes da Hugo Boss. A panca passou, mas este foi um dos que ficou. É o meu perfume de Outono, com jasmim, líchia, groselha negra e tangerina, com base de sândalo.
  • The Body Shop Japanese Cherry Blossom - um favorito de há muitos anos, é super fresco e gosto de usá-lo durante o dia na Primavera. É muito simples, sendo composto apenas por notas de flor de cerejeira, magnólia e maçã, mas resulta muito bem nos dias em que quero apenas um leve aroma que passe quase despercebido, mas que deixe uma sensação agradável.
  • Hugo Boss Femme - mais um da fase Hugo Boss, mas a verdade é que só comecei a apreciá-lo há poucos anos. É um perfume mais adulto e um pouco menos "divertido" do que os restantes da marca. As notas principas são de rosa, frésia e lírio, com base de âmbar e alperce. É um aroma de Primavera puro, fresco, mas com conteúdo.
  • Yves Saint Laurent Black Opium - tenho-o há menos de um mês, mas tornou-se rapidamente num indispensável. É o perfume mais "in your face" que tenho e adoro-o. Só dá para usar em pleno inverno, porque é um aroma mesmo quente e com uma silagem elevada, além de que a duração é de cerca de 48h. As notas principais são de baunilha, café, pêra e jasmim. Eu já andava a namorá-lo há um ano, mas quando a minha amiga Sofia o comprou tive de ser macaquinha de imitação porque era demasiado bom para deixar passar.