Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Skin Game

Blogue português escrito por uma profissional de farmácia e dedicado à dermocosmética.

Tratamento com isotretinoína - que cremes usar?

O tratamento com isotretinoína (nome comercial Roacutan) é utilizado em casos extremos de acne. Sendo um derivado da vitamina A, a isotretinoína tem diversos efeitos adversos, sendo o mais comum a secura intensa da pele, pelo que os produtos anteriormente utilizados por quem sofria de acne têm de ser obrigatoriamente deixados de parte em prol de um regime de tratamento que seja extremamente hidratante.

 

A primeira coisa a mudar são os cuidados de rosto. Todos os produtos que eram utilizados para lavar o rosto e que eram extremamente desengordurantes vão ter de ficar de lado. O truque aqui é apostar em produtos preparados para peles sujeitas a tratamentos com isotretinoína e existem linhas próprias para isso a nível de farmácia. Em termos de hidratantes o ideal é também apostar num bom hidratante para peles sujeitas a tratamento. Deixo-vos algumas das melhores sugestões que conheço:

 

tratamento_acne_isotretinoina_roacutan_complemento

Limpeza:

Hidratante:

 

 

Para os lábios é também frequente serem necessários tratamentos intensivos, bem mais fortes do que aquilo de que habitualmente necessitam, pelo que vos deixo algumas sugestões:

 

tratamento_labios_isotretinoina_roacutan_secura_se

 

La Roche-Posay Cicaplast Baume Reparateur

Nuxe Rêve de Miel Baume Lévres

Noviderm Boréade R Stick Lévre

Carmex Tubo

 

Para o corpo, deixo-vos também algumas sugestões, já que a secura reflete-se em toda a extensão da pele:

tratamento_corpo_cuidados_isotretinoina_secura_sev

 

Bioderma Atoderm Creme Lavante

Eucerin Óleo de Duche

ATL creme hidratante 1kg

The Body Shop Body Butter (Manga)

 

SOS crise de borbulhas - o que fazer?

Lembram-se de vos ter dito que tinha parado de tomar a pílula e que a minha testa estava de volta em toda a sua oleosidade? Bem, aconteceu o que se esperava e tive uma crise daquelas manhosas de borbulhas pela testa fora em adulta. É algo típico de pessoas com pele mista a oleosa que deixam de tomar a pílula, por isso estava basicamente com o tempo contado à espera que acontecesse, mas não deixa de ser uma situação chata porque é algo que não tinha desde a adolescência. A situação está actualmente controlada, por isso vim contar-vos aquilo que fiz e a que produtos recorri.

 

O que fazer numa crise de borbulhas em adulta?

  • Fugir avidamente de tudo o que seja oil free e matificante, pois temos a pele reactiva e arrancar-lhe toda a gordura que a protege é péssima ideia;
  • Lavar todos os pincéis de maquilhagem e restantes acessórios;
  • Verificar prazos de validade e aspecto dos produtos habituais;
  • Reduzir a quantidade de produtos que se coloca e, se possível, andar sem maquilhagem enquanto o rosto cicatriza;
  • Não mexer nas borbulhas (estas confesso que ainda tenho de aprender, principalmente no início quando não me tinha apercebido das proporções que isto ia tomar);
  • Utilizar toalhas de rosto exclusivamente para o limpar (não usar as das mãos) e mudá-las com maior frequência;
  • Comer bem, de forma saudável. Evitar o açúcar e o álcool, apostar em frutas e legumes frescos para aproveitar os benefícios dos seus compostos, em particular comidas ricas em zinco, selénio, vitamina E, vitamina C e vitamina A.

 

Produtos que utilizei durante a crise

tratamento_crise_borbulhas_acne.PNG

Andei numa fase de "keep it simple, stupid". Limpeza com o gel Daily Cleanser para peles oleosas da Youth Lab, que não remove a protecção da pele por ter substâncias emolientes e hidratantes. Depois das duas uma:

  • aplicava o Pixi Glow Tonic (ácido glicólico a 5%, aloé vera e ginseng) num algodão e passava na zona, aplicando-lhe de seguida o Phyto Corrective da SkinCeuticals para acalmar e hidratar sem deixar a pele gordurosa;
  • saltava o tónico e aplicava o Phyto Corrective directamente na pele limpa, aplicando de seguida nas zonas problemáticas o BiRetix Duo da IFC, que possui dois tipos de retinóides, ácido salicílico e papaína.

 

Produtos de manutenção

tratamento_manutenção_borbulhas_pele_oleosa.PNG

Como devem imaginar tenho facilidade de acesso aos produtos da Youth Lab, por isso é muito por aí que vou enveredar durante as próximas semanas. Vou manter a limpeza de pele com o Daily Cleanser para peles oleosas e a esfoliação em dias alternados com o Pixi Glow Tonic. O Phyto Corrective da SkinCeuticals também se vai manter, mas vou começar a misturar duas gotas dele com uma do booster de hidratação da Odacité. A hidratação da zona passa a ser com o Balance da Youth Lab, que também tem ácido salicílico na sua composição, mas numa concentração mais baixa e que permite a sua utilização em toda a extensão da pele. Entretanto chegam as novidades da Youth Lab deste mês, e eu vou abusar da Cleansing Radiance Mask, que contém ácido salicílico e ácido glicólico na sua composição para utilizar uma vez por semana.

Rotina para peles maduras - os produtos usados pela minha mãe

rotina_peles_maduras.PNG

 

Não sei se por aqui andam pessoas na casa dos 50-60 anos, mas pelo menos as filhas devem andar e, se forem como eu, têm o hábito de oferecer o que há de melhor por aí às mães. Tudo o que está nesta foto foi fornecido por mim à minha mãe, não só porque ela não está "autorizada" a comprar dermocosmética sem me consultar primeiro, mas porque eu geralmente consigo arranjar coisas a preços mais simpáticos (e alguns são oferecidos por causa do blogue).

  • Nutriganics Softening Cleansing Gel (The Body Shop) - este produto ia ser descontinuado até que a Caroline Hirons meteu toda a gente atrás dele. Cá eu fiquei feliz porque sei que a minha mãe o usa todos os dias desde que foi lançado. Este gel deve ser utilizado como um óleo ou bálsamo: aplicar em pele seca, massajar e depois emulsificar com água tépida.
  • Hydraluron (Indeed Labs) - o sérum de ácido hialurónico que eu também uso e que recomendo a quem perguntar. A composição é muito simples e é um óptimo produto para ser a primeira camada no rosto após a limpeza.
  • Reti Age (Sesderma) - recebi este produto porque fui à formação sobre ele e imediatamente ofereci-o à minha mãe, que precisa mais de um bom creme com retinol do que eu aos 27 anos. A textura é muito suave e o retinol está encapsulado com nanotecnologia por forma a não ter os efeitos típicos do retinol tópico.
  • Nutriganics Drops of Youth (The Body Shop) - este sérum é aplicado à noite em alternância com o Hydraluron. Este já está mesmo no fim e já está a precisar de ser reposto, mas acho que já é o segundo ou terceiro frasco que a minha mãe utiliza.
  • Optim-Eyes (Filorga) - um creme de olhos que a minha mãe só tem há alguns dias, já que lho ofereci no Natal, mas que tem tido muito bom feedback a nível de sinais de fadiga. Espero em breve poder fazer uma review sobre ele depois da minha mãe o testar durante algum tempo.
  • Foto Ultra Age Repair (Isdin) - protecção solar elevada e direccionada para a prevenção do envelhecimento. A textura é muito fluida e funciona bem sob maquilhagem, a minha mãe ficou bastante impressionada quando começou a utilizá-lo este verão e acho que vamos recomprar este ano.

Tendências coreanas - o que esperar em 2016

A menos que tenham estado a dormir debaixo de uma pedra ou que não acompanhem mesmo o mercado, sabem por esta altura que grande parte das tendências de cuidados de pele e maquilhagem vêm actualmente da Coreia do Sul. Produtos como os BB creams, as máscaras hidratantes que se usam enquanto se dorme, as cushion foundations (bases com uma espécie de almofada impregnada com o produto), as essências ou as sheet masks (películas impregnadas com ingredientes activos que se colocam no rosto e se deixam actuar durante determinado tempo) vieram todas de lá. Por isso mais vale admitir que também este ano vamos ser influenciados pelo que se faz e se usa por terras sul coreanas e dar um vista de olhos ao que podemos esperar em 2016.

 

tendencia_pele_coreia_novos_produtos_2016.PNG

 

Existem principalmente duas tendências que quase de certeza vão chegar cá: as patting waters e as rubber masks. Existem também algumas que se conseguem já encontrar por cá (mas que em breve deverão aparecer em muitas outras marcas) e principalmente adaptações caseiras daquilo que são tratamentos de estética de gabinete.

  • Ampolas - começamos por aquelas que já não são novidades. As ampolas são concentrados de ingredientes activos indicados para utilização em SOS. Por cá já podem ser encontrados em marcas como a MartiDerm ou a Sesderma.
  • Pressed serum - uma fusão de sérum e creme hidratante com uma textura entre o gelatinosa e esponjosa que se funde em contacto com a pele. A intenção deste produto é simplificar o regime de múltiplos passos instituído na Coreia do Sul.
  • Patting waters / splash masks - estes produtos são concentrados em forma líquida. São adicionados numa determinada medida a uma taça com água e colocados na pele fazendo "splash" com as mãos em concha (como se estivessem a lavar o rosto com água) e depois devem-se fazer ligeiros toques no rosto antes de secar com toalha.
  • Cleansing sticks - este foi um fenómeno de vendas recente e parece estar a caminho do ocidente. este bastão de limpeza de rosto é simples de utilizar, já que basta molhar o rosto, rodar a base do produto até cerca de 1 cm do bastão ser visível e massajar o rosto com ele. Este movimento cria uma espuma suave que limpa o rosto (mas não desmaquilha, sendo aconselhado como o segundo passo de limpeza após utilização de desmaquilhante).
  • Mineral water - a água mineral de fontes quentes entrou este ano nas rotinas, apesar de haver alguma inclinação actual para regimes de tratamento que não incluam a utilização de água devido à escassez mundial.
  • Sparkling water - a água gaseificada também entrou recentemente nas rotinas coreanas, havendo já algumas marcas a apostar neste tipo de produtos. Contudo, dada a existência das águas termais na Europa não sei se irá pegar tanto como tem potencial para fazer nos EUA.
  • Rubber masks / modeling masks - estas máscaras são adaptações de tratamentos modeladores efectuados em gabinetes. Estas máscaras de consistência pastosa são aplicadas no rosto com a ajuda de uma espátula (algumas podem mesmo ser aplicadas na zona dos olhos) e são removidas após um determinado tempo que as deixa com uma consistência semelhante a borracha. Os benefícios dependem da composição, mas funcionam como um tratamento intensivo. A máscara forma uma barreira oclusiva e força a entrada de ingredientes na pele.
  • Hydrating peels (esfoliantes hidratantes) - a utilização constante de ácido glicólico tende a deixar a pele desidratada, pelo que actualmente a combinação de AHA com ingredientes que garantem que a pele não fica desidratada.

Pág. 4/4